5.26.2007


desejos que não se abraçam
casas quentes com janelas sempre abertas

ladrões de temperaturas não entram.

7 Comments:

Anonymous Alcebíades José said...

ladrões de temperaturas não entram...
Telhados, sol, ao longe o mar e os abraços, sempre os abraços, eternamente à procura dos
desejos.
www.omundodealcebiades.blog.com

8:50 da tarde  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

Ah, como eu amo o sol que entra na tua água-furtada!

A luz branca que me desperta pela manhã azul e ilumina a poalha dourada do sol que entra pela janela oblíqua e esbarra no livros que comigo dormem e cujo olhar indiscreto devassa voyeuristicamente o meu despertar.

bjo

PS: A beleza está no prazer de disfrutar das coisas belas.

9:50 da tarde  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

Claro que esta inspiração só me poderia ter vindo da loucura de Piazzolla...e da tua água-furtada é claro!

9:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

e voltar a ler-te é bom, bela lilly.

o imaginary humans não existe, tenho agora uma nova e tímida casa.... voltarei a visitar-te... até já---

www.acasaimaginada.blogspot.com

12:46 da manhã  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

Soube hoje que GGM - Gabo - está com um cancro linfático e segundo me disseram está com pouco tempo de vida...

Fiquei de rastos.

Daria tudo paraescrever-lhe uma carta, porque o considero um amigo.

Porque entrou no meu coração através dos livros.

Porque o admiro como ser humano pelo carinho que dedica às mulheres.

A todas as mulheres, princesas ou putas, anjos ou demónios, fadas ou feiticeiras.

Umgrande beijo para Gabo.

Homens assim não deviam morrer.

8:54 da tarde  
Blogger Happy and Bleeding said...

E as minhas asas que não crescem...

1:59 da manhã  
Blogger anrasaxa said...

tens aqui um belo blog.. pena estar em modo pause :)

7:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home